quarta-feira, 27 de março de 2013

Histórias e Lendas Fantásticas dos Celtas - Opinião



Histórias e Lendas Fantásticas dos Celtas, de Vários

As histórias e lendas reunidas neste volume e adaptadas a uma linguagem acessível estão recheadas de um clima de encantamento que não se desfaz em nenhum momento. Estas histórias ancestrais captam o espírito dos antigos Celtas e relatam o poder mágico dos feitiços, os truques dos espíritos escondidos e dos duendes, o temperamento espantoso do mundo natural, o poder e o encanto do amor e da vingança. Reis, eremitas, santos e druidas, espíritos que assombravam bosques e riachos, ciclos e rituais, mágicos e adivinhos recheiam estas fascinantes narrativas onde Tolkien, J. K. Rowling e Bernard Cornwell foram buscar inspiração para os seus bestsellers actuais.

Vi este livro há cerca de três anos numa livraria e fiquei logo cativada com ele. No entanto depois tive alguma dificuldade em procurá-lo visto que me esqueci do nome…
Três anos depois aparece um ring no Bookcrossing deste livro e claro que não perdi a oportunidade.
Quem me conhece sabe que sinto um fascínio imenso por todas as lendas celtas. Tendo em conta que tento seguir alguns dos seus ensinamentos e peço orientação a alguns dos seus Deuses, para mim é mais que mera curiosidade aprender sempre mais.
Por isso imaginam a “sede” com que eu abri este livro.
As lendas e histórias celtas são motivo de muitas adaptações, livros, colectâneas, etc. Além disso são inspiração para inúmeros livros da literatura fantástica (da mais antiga à mais actual). No entanto lamento informar que este livro não foi bem sucedido…
Na ânsia de ler as suas histórias tenho de ultrapassar a barreira de quase 20 páginas onde um autor não identificado explana as suas opiniões sobre a cultura celta, sobre as lendas que iremos ler e a forma como algumas se podem adaptar aos nossos dias.
Depois, quando chegamos às lendas em si, temos uma certa dificuldade de concentração.
Como referi, sou uma interessada neste assunto e por isso já conhecia muitas das lendas retratadas. E só isso me fez conseguir seguir a linha até ao final do livro. Isto porque ele necessita de uma séria revisão. Os nomes que aparecem numa linha estão diferentes duas linhas abaixo. Há uma baralhação de nomes que se não forem conhecedores das várias famílias de deuses e reis vos poderá tornar a leitura muito complicada.
Aqui vi-me a comparar o livro com “Margarita e o Mestre” de Bulgakov. No livro deste autor é extremamente importante ter atenção aos nomes senão no fim do primeiro capítulo já temos tudo baralhado. Mas não por erro. É mesmo devido à dificuldade de escrita e leitura de nomes russos e subsequentes diminutivos e nomes carinhosos.
Nestas lendas celtas isto acontece mesmo por erros gráficos e da não revisão dos textos. Uma Rhiannom é duas linhas abaixo chamada de Rheinnon. E casos há de nomes de personagens trocados entre si a meio da narrativa.
Se até eu que já conheço metade destes nomes tive dificuldades então não imagino quem contacte com estas lendas celtas pela primeira vez neste livro.
Infelizmente não é um livro que recomende por estes pequenos aspectos. Fora isso é sempre uma boa fonte de conhecimento para quem quiser descobrir mais sobre estes Deuses celtas e as suas aventuras no nosso mundo.

2 comentários:

  1. Tb achei ele encantador! Mas não estou conseguindo achar online e nem pra comprar :-( Tem alguma dica?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez a Wook ou Fnac.
      Obrigada pela visita ;)

      Eliminar